PROTESTO I


 

ATE QUANDO?

 

Dia 8 de março de 2018 iniciei um protesto.

É o dia da mulher.

Dia das mulheres que deram a vida por nós. 

Dia das mulheres que são assassinadas diariamente por serem mulheres.

Dia das mulheres pretas.

Dia das mulheres brancas.

Dia da união das mulheres.

 

Brasil: 180 estupros, notificados, por dia.

Ontem uma mulher foi encontrada morta e sem roupas numa mata.

A cada dois segundos uma mulher sofre violência física ou verbal.

A cada hora mais de 500 mulheres são agredidas.

Brasil: quinta maior taxa de feminicídio.

O assassinato de mulheres negras aumentos 50% nos últimos 10 anos.

70% das vitimas de estupro são crianças e adolescentes.

Brasil: país que mais mata travestis e transexuais no mundo. 

 

ATE QUANDO SEREMOS SILENCIADAS, OPRIMIDAS E MORTAS?

ATE QUANDO SEREMOS ASSASSINADAS DIARIAMENTE POR SERMOS MULHERES?


Esse trabalho foi iniciado dia 8 de março de 2018, como um projeto de resistência feminina. Foram colados na cidade de Belo Horizonte mais de 1500 lambe-lambes. Em menos de uma semana eles são brutalmente arrancados da cidade. Apagados. 
Em outubro de 2018, Yo Soy produzir uma ocupação na Galeria Quarto Amado e me convida a fazer uma intervenção no projeto. Ocupei o banheiro da galeria, plotando integralmente todo o azulejo. Depois de finalizada a colagem, pintei rastros de sangue. A intervenção foi retirada em dezembro de 2018. Durante todo o ano de 2019 os lambes foram colados pela cidade. 


PROTESTO 
lambe-lambe
instalação

 

2019

ano todo . CIDADE DE BELO HORIZONTE

 

2018

outubro . GALERIA QUARTO AMADO - ocupação sangria, CURADORIA YO SOY

março . CIDADE DE BELO HORIZONTE E CONTAGEM

protesto . isabela solo 2017
protesto . isabela solo 2017
press to zoom
PROTESTO sangria . isabela solo 2017
PROTESTO sangria . isabela solo 2017
press to zoom
PROTESTO sangria . isabela solo 2017
PROTESTO sangria . isabela solo 2017
press to zoom

FONTES: IBGE, PMSP, G1, ONU MULHERES, BBC