PRA TUDO VER


 

nossos corpos são atravessados,

a cada passo dado no espaço público.

 

atravessados por olhares,

atravessados por palavras,

atravessados por assédios,

atravessados por medo,

atravessados por outras pessoas.

 

proponho uma ressignificação.

 

colocar nossos corpos nas ruas

pra OLHAR quem nos OLHA,

pra OLHAR quem nos CALA,

pra OLHAR e ENXERGAR tudo que nos atravessa.

 

A nova coleção é vermelha!

Forte, destemida e corajosa pra enfrentar o mundo.

Isabela Solo pintou a mão metros de tecido, estampando

neles olhos. Abertos, fechados, grandes, pequenos, únicos.

A partir desses tecidos desenvolveu peças únicas com

modelagens contemporâneas e muito confortáveis que dialogam

com diversos públicos e corpos.

 

2018

dezembro . CASA SAPUCAI - pocket show Jhê, desfile-ação.

 

Fotografia: Arthur de Costas

PRA TUDO VER . isabela solo 2018
PRA TUDO VER . isabela solo 2018
press to zoom
PRA TUDO VER . isabela solo 2018
PRA TUDO VER . isabela solo 2018
press to zoom
PRA TUDO VER . isabela solo 2018
PRA TUDO VER . isabela solo 2018
press to zoom